“AL HAJJ” (A PEREGRINAÇÃO)

Revelada em Madina; 78 versículos, com exceção dos
versículos 52 a 55, que foram revelados entre Makka e
Madina.
22ª SURATA
Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso.
1 Ó humanos, temei a vosso Senhor, porque a convulsão
da Hora será logo terrível.
2 No dia em que a presenciardes, casa nutriente
esquecerá o filho que amamenta; toda a gestante abortará;
tu verás os homens como ébrios, embora não o estejam,
porque o castigo de Deus será severíssimo.
3 Entre os humanos há quem discute nesciamente acerca
de Deus e segue qualquer demônio rebelde.
4 Foi decretado sobre (o maligno): Quem se tornar íntimo
dele, será desviado e conduzido ao suplício do tártaro.
5 Ó humanos, se estais em dúvida(955)
sobre a
ressurreição, reparai em que vos criamos do pó, depois do
esperma, e logo vos convertemos em algo que se agarra e,
finalmente, em feto, com forma(956)
ou amorfo, para
demonstrar-vos (a Nossa onipotência); e conservamos no
útero o que queremos,(957)
até um período determinado, de
onde vos retiraremos, crianças para que alcanceis a
puberdade. Há, entre vós, aqueles que morrem (ainda
jovens) e há os que chegam à senilidade, até ao ponto de
não se recordarem do que sabiam. E observai que a terra
é árida; não obstante, quando (Nós) fazemos descer a
água sobre ela, move-se e se impregna de fertilidade,
fazendo brotar todas as classes de pares de viçosos
(frutos).
6 Isto, porque Deus é Verdadeiro e vivifica os mortos, e
porque é Onipotente.
7 E a Hora chegará indubitavelmente, e Deus ressuscitará
aqueles que estiverem nos sepulcros.
8 Entre os humanos, há aquele que disputa nesciamente
acerca de Deus, sem orientação nem livro lúcido,
9 Desdenhoso, para assim desviar os demais da senda de
Deus. Sofrerá aviltamento(958)
neste mundo e, no Dia da
Ressurreição, fá-lo-emos experimentar a pena da chama
infernal.
10 Isso, pelo que tiverem cometido suas mãos, porque
Deus nunca é injusto para com os Seus servos.
11 Entre os humanos há, também, quem adora Deus com
restrições: se lhe ocorre um bem, satisfaz-se com isso;
porém, se o açoita um adversidade, renega e perde este
mundo e o outro. Esta é a evidencia desventura.
12 Ele invoca, em vez de Deus, quem não pode prejudicá-
lo nem beneficiá-lo. Tal é o profundo erro.
13 Invoca quem lhe causa mais prejuízos do que
benefícios. Que péssimo amo e que diabólico
companheiro!
14 Deus introduzirá os fiéis, que praticam o bem, em
jardins, abaixo dos quais correm os rios, porque Deus faz o
que Lhe apraz.
15 Quem pensa que Deus jamais o socorrerá (Mensageiro)
neste mundo ou no outro, que pendure uma corda no teto
(de sua casa) e se enforque;(959)
verá se com isso poderá
acalmar o seu furor.
16 Assim o revelamos (o Alcorão) em lúcidos versículos, e
Deus ilumina quem Lhe apraz.
17 Quanto aos fiéis, judeus, sabeus,(960)
cristão,
masdeístas(961)
ou idólatras, certamente Deus os julgará a
todos no Dia da Ressurreição, porque Deus é Testemunha
de todas as coisas.
18 Não reparas, acaso, em que tudo quanto há nos céus e
tudo quanto há na terra se prostra ante Deus? O sol, a lua,
as estrelas, as montanhas, as árvores, os animais e muitos
humanos? Porém, muitos merecem o castigo! E quem
Deus afrontar não achará quem o honre, porque Deus faz
o que Lhe apraz.
19 Existem dois antagonistas (crédulos e incrédulos), que
disputam acerca do seu Senhor. Quanto aos incrédulos,
serão cobertos com vestimentas de fogo e lhes será
derramada, sobre as cabeças, água fervente,
20 A qual derreterá tudo quanto há em suas entranhas,
além da totalidade de suas peles.
21 Em adição, haverá clavas de ferro (para o castigo).
22 Toda a vez que dele (do fogo) quiserem sair, por
angústia, ali serão repostos e lhes será dito: Sofrei a pena
da queima!
23 Por outra, Deus introduzirá os fiéis, que praticam o bem,
em jardins, abaixo dos quais correm os rios, onde serão
enfeitados com pulseiras de ouro e pérola, e suas
vestimentas serão de seda.
24 Porque se guiaram pelas palavras puras e se
encaminharam até à senda do Laudabilíssimo.
25 Quanto aos incrédulos, que vedam os demais da senda
de Deus e a sagrada Mesquita, – a qual destinamos aos
humanos, por igual, quer seja seus habitantes, quer sejam
visitantes, – e que nela comete, intencionalmente,
profanação ou iniqüidade, fá-los-emos provar um doloroso
castigo.
26 E (recorda-te) de quando indicamos a Abraão o local da
Casa,(962)
dizendo: Não Me atribuas parceiros, mas
consagra a Minha Casa para os circungirantes, para os
que permanecem em pé e para os genuflexos e
prostrados.
27 E proclama a peregrinação às pessoas; elas virão a ti a
pé, e montando toda espécie de camelos, de todo
longínquo lugar,(963)
28 Para testemunhar os seus benefícios e invocar o nome
de Deus, nos dias mencionados(964)
, sobre o gado(965)
com
que Ele os agraciou (para o sacrifício). Comei, pois, dele, e
alimentai o indigente e o pobre.
29 Que logo se higienizem,(966)
que cumpram os seus
votos(967)
e que circungirem a antiga Casa.
30 Tal será (a peregrinação). Quanto àquele que enaltecer
os ritos sagrados de Deus, terá feito o melhor para ele, aos
olhos do seu Senhor. É-vos permitida a (carne) das reses,
exceto o que já vos foi estipulado.(968)
Enviai, pois, a
abominação da adoração dos ídolos e evitai o perjúrio,
31 Consagrando-vos a Deus; e não Lhe atribuais
parceiros, porque aquele que atribuir parceiros a Deus,
será como se houvesse sido arrojado do céu, como se o
tivessem apanhado das aves, ou como se o vento o
lançasse a um lugar longínquo.
32 Tal será. Contudo, quem enaltecer os símbolos(969)
de
Deus, saiba que tal (enaltecimento) partirá de quem
possuir piedade no coração.
33 Neles (os animais) tendes benefícios, até um tempo
prefixado; então, seu lugar de sacrifício será(970)
a antiga
Casa.
34 Para cada povo temos instituído ritos (de sacrifício),
para que invoquem o nome de Deus, sobre o que Ele
agraciou(971)
, de gado. Vosso Deus é Único; consagrai-vos,
pois, a Ele. E tu (ó Mensageiro), anuncia a bemaventurança
aos que se humilham,
35 Cujos corações estremecem, quando o nome de Deus é
Mencionado; os perseverantes, que suportam o que lhes
sucede, são observantes da oração e fazem caridade
daquilo com que agraciamos.
36 E vos temos designado (o sacrifício) dos camelos, entre
os símbolos de Deus. Neles, tendes benefícios. Invocai,
pois, o nome de Deus sobre eles, no momento (do
sacrifício), quando ainda estiverem em pé, e quando
tiverem tombado.(972)
Comei, pois, deles e daí de comer ao
necessitado e ao pedinte. Assim vo-los sujeitamos, para
que Nos agradeçais.
37 Nem suas carnes, nem seu sangue chegam até Deus;
outrossim, alcança-O a vossa piedade. Assim vo-los
sujeitou, para que O glorifiqueis, por haver-vos
encaminhado(973)
. Anuncia, pois, a bem-aventurança aos
benfeitores.
38 Em verdade, Deus defende os fiéis, porque Deus não
aprecia nenhum pérfido e ingrato.
39 Ele permitiu (o combate) aos que foram atacados; em
verdade, Deus é Poderoso para socorrê-los.
40 São aqueles que foram expulsos injustamente dos seus
lares, só porque disseram: Nosso Senhor é Deus! E se
Deus não tivesse refreado os instintos malignos de uns em
relação aos outros,(974)
teriam sido destruídos mosteiros,
igrejas, sinagogas e mesquitas, onde o nome de Deus é
freqüentemente celebrado. Sabei que Deus secundará
quem O secundar, em Sua causa, porque é Forte,
Poderosíssimo.
41 São aqueles que, quando os estabelecemos na terra,
observam a oração, pagam o zakat, recomendam o bem e
proíbem o ilícito.(975)
E em Deus repousa o destino de todos
os assuntos.
42 Porém, se te desmentem (ó Mensageiros), o mesmo
que fizeram, antes deles, os povos de Noé, de Ad e de
Tamud.
43 (Assim também) o povo de Abraão e o povo de Lot.
44 E o povo de Madian (fez o mesmo); também foi
desmentido Moisés. Então, tolerei os incrédulos; mas logo
os castiguei, e que rigorosa foi a Minha rejeição!
45 Quantas cidades destruímos por sua iniqüidade,
transformando-as em ruínas,(976)
com os poços e os
castelos fortificados abandonados!
46 Não percorreram eles a terra, para que seus
corações(977)
verificassem o ocorrido? Talvez possam,
assim, ouvir e raciocinar! Todavia, a cegueira não é a dos
olhos, mas a dos corações, que estão em seus peitos!
47 Pedem-te incessantemente a iminência do castigo;
saibam que Deus jamais falta à sua promessa, porque um
dia, para o teu Senhor, é como mil anos, dos que contais.
48 E quantas cidades iníquas temos tolerado! Mas logo as
castigarei e a Mim será o destino.
49 Dize: Ó humanos, sou apenas um elucidativo
admoestador para vós.
50 E os fiéis que praticarem o bem obterão um indulgência
e um magnífico sustento.
51 Por outra, aqueles que se esforçarem em desacreditar
os Nossos versículos serão os réprobos.
52 Antes de ti, jamais enviamos mensageiro ou profeta
algum, sem que Satanás o sugestionasse em sua
predicação; porém, Deus anula o que aventa Satanás, e
então prescreve as Suas leis, porque Deus é Sapiente,
Prudentíssimo.
53 Ele faz das sugestões de Satanás uma prova, para
aqueles que abrigam a morbidez em seus corações e para
aqueles cujos corações estão endurecidos, porque os
iníquos estão em um cisma distante (da verdade)!
54 Quanto àqueles que receberam a ciência, saibam que
ele (o Alcorão) é a verdade do teu Senhor; que creiam nele
e que seus corações se humilhem ante ele, porque Deus
guia os fiéis até à senda reta.
55 Porém, os incrédulos não cessarão de estar em dúvida
acerca dele, até que a Hora lhes chegue de improviso, ou
os açoite o castigo do dia nefasto.
56 A soberania, naquele dia, será de Deus, que julgará
entre eles. Os fiéis que tiverem praticado o bem entrarão
nos jardins do prazer.
57 Em troca, os incrédulos, que desmentirem os Nossos
versículos, sofrerão um castigo ignominioso.
58 Aqueles que migraram pela causa de Deus e forma
mortos, ou morreram, serão infinitamente agraciados por
Ele, porque Deus é o melhor dos agraciadores.
59 Em verdade, introduzi-los-á em um lugar que
comprazerá a eles, porque Deus é tolerante,
Sapientíssimo.(978)
60 Assim será! Aquele que se desforrar um pouco de quem
o injuriou e o ultrajou, sem dúvida Deus socorrerá, porque
é Absolvedor, Indulgentíssimo.(979)
61 Isto, porque Deus insere a noite no dia e o dia na noite
e é, ademais, Oniouvinte, Onividente.
62 Isto porque Deus é a Verdade; e o que invocam, em vez
d’Ele, é a falsidade. Sabei que Ele é Grandioso, Altíssimo.
63 Porventura, não reparas em que Deus faz descer água
do céu, tornando verdes os campos? Sabei que Deus é
Onisciente, Sutilíssimo.
64 Seu é tudo quanto existe nos céus e quanto há na terra,
porque é Opulento, Laudabilíssimo.
65 Não tens reparado em que Deus vos submeteu o que
existe na terra, assim como as naves, que singram os
mares por Sua vontade? Ele sustém o firmamento, para
que não caia sobre a terra, a não ser por Sua vontade,
porque é, para com os humanos, Compassivo,
Misericordiosíssimo.
66 E Ele é Quem vos dá a vida, então vos fará morrer, em
seguida vos devolverá a vida. Em verdade, o homem é
ingrato!
67 Temos prescrito a cada povo ritos(980)
a serem
observados. Que não te refutem a este respeito! E invoca
teu Senhor, porque segues uma orientação correta.
68 Porém, se te refutam, dize-lhes: Deus sabe melhor do
que ninguém o que fazeis!
69 Deus julgará entre vós, no Dia da Ressurreição, a
respeito de vossas divergências.
70 Ignoras, acaso, que Deus conhece o que há nos céus e
na terra? Em verdade, isto está registrado num Livro,
porque é fácil para Deus.
71 E adoram, em vez de Deus, coisas, às quais Ele não
concedeu autoridade alguma, e da qual não têm
conhecimento algum; porém, os iníquos não terão nenhum
protetor.
72 E quando lhes são recitados os Nossos lúcidos
versículos, descobres o desdém nos semblantes dos
incrédulos, chegando mesmo a ponto de se lançarem
sobre aqueles que lhes recitam os Nossos versículos.
Dize: Poderia inteirar-vos de algo pior do que isto? É o
fogo (infernal), que Deus prometeu aos incrédulos. E que
funesto destino!
73 Ó humanos, eis um exemplo; escutai-o, pois: Aqueles
que invocais, em vez de Deus, jamais poderiam criar uma
mosca; ainda que, para isso, se juntassem todos. E se a
mosca lhe arrebatasse algo, não poderiam dela tirá-lo,
porque tanto o solicitador como o solicitado, são
impotentes.
74 Não aquilatam Deus como (Ele) merece. Saibam eles
que Deus é Forte, Poderosíssimo.
75 Deus escolhe os mensageiros, entre os anjos e entre os
humanos, porque é Oniouvinte, Onividente.
76 Ele conhece tanto o seu passado como o seu futuro,
porque a Deus retornarão todas as coisas.
77 Ó fiéis, genuflecti, prostrai-vos, adorai vosso Senhor e
praticai o bem, para que prospereis.
78 E combatei com denodo pela causa de Deus;(981)
Ele
vos elegeu. E não vos impôs dificuldade(982)
alguma na
religião, porque é o credo de vosso pai, Abraão. Ele vos
denominou muçulmanos, antes deste e neste (Alcorão),
para que o Mensageiro seja testemunha vossa, e para que
sejais testemunhas dos humanos. Observai, pois, a
oração, pagai o zakat e apegai-vos a Deus, Que é vosso
Protetor. E que excelente Protetor! E que excelente
Socorredor!